1190 visitantes online
 

Descubra e Aplique as Leis Dinâmicas da Prosperidade.

Tudo Grátis!


www.acasadoaprendiz.com.br

Tipos de Fermentação
Este artigo já foi lido por : 8569 pessoas
Escrito por Ana Paula Felicio Neres   
Seg, 14 de Fevereiro de 2011 16:14

Fermentação alcoólica

Na fermentação alcoólica acontece a transformação da glicose em piruvato, onde este é descarboxilado, originando o ácido acético e mais carbono. Esse ácido se transforma em aceptor de elétrons e se transforma em álcool etílico.

No crescimento do pão, é utilizado o fermento, onde estão os fungos, durante o cozimento, é liberado álcool enquanto o dióxido de carbono faz o pão crescer.

 

Fermentação lática

Realizado por algumas bactérias, fungos, protozoários e células musculares.

Esta reação é feita pelas bactérias denominadas lactobacilos, para a produção de iogurte. Nesse tipo de fermentação, as moléculas de piruvato transformam-se em lactato pela utilização dos íons hidrogênios transportados pelo NADH.  Portanto o piruvato é aceptor de elétrons e se transforma em ácido lático.

Quando realizamos uma atividade física intensa, o suprimento de oxigênio que chega aos músculos, pode ser insuficiente para as células musculares realizarem a respiração aeróbia.  Nesse caso, o suprimento de ATP para a célula seria prejudicado e esta passaria a realizar também a respiração anaeróbia (fermentação láctica). Isto gera menor quantidade de ATP, mas garante energia para células em situações de emergência.

Um problema relacionado à fermentação láctica nos músculos é o acúmulo de ácido láctico na forma de lactato, responsável pela sensação de fadiga, câimbra e dor muscular após os exercícios. A intoxicação muscular pelo lactato diminui, conforme a oxigenação do músculo volta à sua taxa normal.

 

Fermentação acética

Processo usado na transformação do álcool em ácido acético (vinagre).

Inicialmente, a levedura Saccharomyces cerevisiaer realiza a fermentação alcoólica do piruvato, formando etanol e gás carbônico.

Na atividade industrial, a concentração de álcool é controlada entre 10% e 12%. A essa solução que contém álcool acrescenta- se a bactéria Acetobacter aceti que, para se estabilizar nesse meio com a presença de oxigênio ganha elétrons transforma o etanol ou álcool etílico em ácido acético/ vinagre.

 

Produção de iogurtes

Na produção de iogurtes, misturam-se o leite e os demais ingredientes na iogurteira, que impede a entrada de bactérias nocivas. Depois, o iogurte é homogeneizado (processo que evita a separação da gordura) e pasteurizado (destruição dos germes patogênicos para favorecer o crescimento dos microorganismos a ser inoculados.

Depois ocorre o processo de fermentação, no qual o açúcar (galactose) transforma-se em ácido láctico por meio da ação de bactérias. Esse processo dura cerca de 4 horas e só ocorre à temperatura de 42° a 43ºC. Depois o iogurte é resfriado e embalado.


Os artigos veiculados neste site são de inteira responsabilidade dos respectivos autores/publicadores. Informe-nos em caso de violação dos direitos autorais para que possamos retirar o(s) referido(s) artigos(s) do ar

 
Perfil de: Ana Paula Felicio Neres

Autor(a) com 48 artigos no site

Comentários  

 
0 #5 chato 05/04/2013 14:03
muito bom otimo
Citação
 
 
0 #4 Maitê 19/03/2013 02:02
muito boom, tudo que eu queria para o meu trabalho de amanhã ... muitoo bom, me ajudou bastante .... :)
Citação
 
 
0 #3 NORTON NOLASCO 09/11/2012 17:13
Muito bom, bem completo mesmo, me ajudou muito com o trabalho que tive de realizar para entregar hj 9/11/12....
Assim como me ajudou vai ajudar muitas pessoas. MUITO BOM!!!!!!
Citação
 
 
+2 #2 Thaynara 17/10/2012 01:46
adorei super completo..........
Citação
 
 
+1 #1 claudia 23/03/2012 15:39
adorei mas faltou a fermentação butirica
É a reação química realizada por bactérias anaeróbias através do qual se forma o ácido butírico e produz a partir da lactose ou do ácido láctico com a formação do ácido butírico e gás . É característica das bactérias do gênero Clostridium e se caracteriza pelo surgimento de odores pútridos e desagradáveis . A fermentação butírica é a conversão dos carboidratos em ácido butírico por ação de bactérias da espécie Clostridium butyricum na ausência de oxigênio. que foi descoberta eim 1861 por Louis Pasteur
Citação
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar